Buscar
  • iedofaria

A TRANSFORMAÇÃO



A foto acima é a realidade que hoje se apresenta de um lote urbano, que como e pode notar, tem sido usado como descarte de lixo residencial por pessoas de pouca consciência sócio ambiental e por alguns usuários de drogas.

A foto abaixo é a visão de futuro de uma incorporação imobiliária que na realidade de hoje, é apenas um sonho de alguém que quer dar melhor destinação ao local. Metaforicamente, a foto acima seria um casulo e a foto abaixo uma borboleta.


Para que a transformação aconteça é imperativo que se demonstre a todos os atores envolvidos no processo, quais sejam: vendedores, cartórios notariais e registrais, órgãos ambientais, conselhos urbanos, agentes financeiros e prefeituras, apenas para citar alguns, não apenas a beleza plástica da transformação e de todos os benefícios que ela traz, mas também as boas intenções do empreendedor.

Para exemplificar, vamos citar algumas etapas e seus prazos médios.

O primeiro passo é a aquisição da área. Este é um momento que requer estudos meticulosos e cuidados necessários para identificar a legalidade da área. Não se pode permitir nenhuma pendência de ordem legal e financeira que possa comprometer o processo. Verifica-se o potencial construtivo da área, ou seja, quantas unidades cabem nela e lógico, a viabilidade financeira do projeto. A partir deste momento, o incorporador já está chafurdado num mar de normas técnicas, registrais e legislação de toda ordem. O tempo passa rapidamente na proporção inversa dos prazos burocráticos. Uma certidão cartorial leva cinco dias, um registro 30 dias, um desmembramento ou unificação 60 dias e se tiver que passar por algum “conselho” ou por algum “instituto” adiciona-se um prazo mínimo de 120 dias quando rápido, uma licença ambiental 365 dias, um alvará 18 meses. Claro que alguns destes processos são concomitantes, mas não se conclui um empreendimento no Brasil em menos de 42 meses, salvaguardando raríssimas exceções.

Uma coisa é certa neste processo de transformação: a alegria do incorporador ao entregar uma unidade é tão intensa quanto daquele que consegue realizar o sonho da casa própria.

Até breve.






#dicasdeblog #empreendedor #construçãocivil #construtora #incorporadora #casanova #apartamentonovo #sinduscon #mcmv #caixa #financiamento #meioambiente #éconstrutora #mito #curitiba #casaprópria #construir

62 visualizações0 comentário